Cris: “[Novasemente], há alguém em Itália a torcer por vocês”



Trazemos agora Cristiana Oliveira para nos falar daquilo que espera que seja a sua antiga equipa do Novasemente nesta prova.

Cris, como é mais conhecida, tem 23 anos, e jogou as últimas três temporadas no Novasemente depois de passar pela Invicta Futsal e pelos Restauradores Avintenses. Em Espinho foi campeã, venceu uma Supertaça, mas nunca conseguiu vencer esta prova, tendo saído do clube no passado verão para rumar ao Real Statte de Itália.

Quanto à competição em sim Cris afirma que “estamos perante o melhor, no que à qualidade do futsal feminino português diz respeito, portanto podemos esperar jogos de espetáculo de grande intensidade e que todo o público vai adorar”.

Este é o único trofeu nacional que falta a Cris, que até já esteve numa final, mas um golo de Joana Meira sobre o soar da buzina deu a Taça à Quinta dos Lombos. Quanto a esse jogo, Cris considera-o como “uma final inglória, ninguém merece perder assim, mas reconheço que é assim mesmo o espetáculo e a beleza do futsal”, deixando ainda um desejo de “voltar a uma Final e no fim levantar a Taça”.

A Novasemente venceu dois dos três encontros desta temporada frente ao Vermoim, que a única vitória que teve esta temporada frente ao Novasemente foi na 1ª volta da 1ª Fase da competição. Para alem disso a Novasemente venceu ainda a 1ª Fase e encontra-se em segundo lugar nesta 2ª fase, à frente do 4º Vermoim. A isto podemos juntar ainda uma maior experiência do Novasemente nestas competições, visto que o Vermoim atingiu esta época pela primeira vez a Final Four da prova. Ainda assim, Cris não considera que isso seja um fator de favoritismo para o conjunto de Espinho, avisando que “a taça tem a particularidade de não ser fiel as estatísticas e teorias. As surpresas são uma constante nesta competição”.

Quanto ao que podemos esperar tanto da Novasemente como do Vermoim nesta meia final, Cris considera que “são duas equipas que se conhecem bem e que saberão como se defrontar. Ganha a equipa que menos errar, são duas equipas de grande qualidade, será decidido nos pormenores certamente”, deixando ainda um desejo final: “Desejo claramente que o Novasemente saia vencedor”.

Numa mensagem destinada às jogadoras do Novasemente, muitas delas suas ex-colegas de equipa, Cris disse: “Antes de vencer há o querer vencer. Há alguém em Itália a torcer por vocês”

Deixou ainda uma mensagem de apreço e de incentivo aos adeptos do Novasemente, bem como aos do futsal em geral: “Os adeptos fazem parte da equipa quando muito das vezes nos começam a faltar as forças são eles que nos levantam e nos ajudam a levar a equipa para a frente, é para eles que gritamos os golos, são a nossa energia. Sem dúvida que nunca vi um público tão leal, tão verdadeiro como os do Novasemente.

Não há espetáculo sem público nem há público se não houver espetáculo. Eu não poderei estar presente, mas todas as pessoas que estejam por casa dirijam-se ao pavilhão de Gondomar, sem dúvida que vão adorar”.

Para finalizar a jogadora quis deixar também uma mensagem de agradecimento à Zona Técnica Futsal Portugal: Um agradecimento mais uma vez à Zona Técnica pelo destaque que dão também ao futsal feminino!”

 Este jogo que coloca frente a frente o Vermoim e o Novasemente tem inicio marcado para amanhã às 17 horas. Quem levará a melhor? O Vermoim chegará a uma final histórica ou o Novasemente poderá lutar novamente pelo troféu? Use os comentários para deixar a sua opinião.



Vídeos
SL Benfica vence a 3ª Edição do Torneio Eusébio | Resumo
Sporting CP conquistou o 13.º Troféu Futsal Ansião | Resumo
Campeão Nacional, Sporting CP inicia temporada 2018/2019
U. Málaga sagra-se campeã europeia universitária
AA U. Coimbra alcança o bronze | Golos
Portugal volta a vencer
Veja ou reveja os golos do primeiro encontro da AAC neste EUG 2018
AAUE vence segundo jogo e passa em 1º. Veja os golos do encontro.
Portugal vence Itália na 2ª jornada do Dia Euro
Veja ou reveja os golos do AAUE 7-1 Uni. Bern