A figura da jornada teve tons de encarnado, Sara Ferreira, foi a eleita. "Este grupo gosta de ganhar e é isso que nos alimenta"



Sem surpresas, o Benfica venceu a EDC Gondomar (13-1), em partida da 8.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional.

A formação forasteira, que chegou à Luz no 6.º posto da tabela classificativa, até ameaçou a baliza à guarda de Ana Catarina com um remate ao poste, da autoria de Sara Leal (2'), mas a partir daí, as campeãs nacionais mostraram total superioridade.

Fifó deu o mote com uma assistência para Inês Fernandes, a capitã aproveitou e rematou para o fundo da baliza. Estava feito o golo inaugural aos 4'.

Aos 8', deu-se um momento muito aplaudido pelos adeptos. Recuperada de uma complexa lesão no joelho direito, sofrida no início do ano, Raquel Santos entrou e voltou a competir em partidas oficiais.

Angélica Alves dilatou a vantagem (10') e, sempre a carregar no acelerador, Raquel Santos acertou no poste, um remate de pé esquerdo (11'), naquele que poderia ter sido um regresso com ainda mais motivos para festejar.

Um desvio para a própria baliza de Lígia Campos (13') precipitou o terceiro golo, e o quarto, a confirmar o caudal ofensivo das encarnadas, aconteceu por intermédio de Maria Pereira (18'), servida de calcanhar por Angélica Alves.

As Comandadas por Estevão Cordovil, treinador adjunto dos seniores masculinos, a orientar interinamente a equipa após a saída de Luís Estrela, as águias tiveram uma entrada na segunda parte avassaladora.

Com Maria Inês Cabral a ocupar o lugar de Ana Catarina na baliza, Inês Fernandes ampliou no minuto inicial e seguiram-se mais dois golos de forma consecutiva. Sem tempo para reação da EDC Gondomar, Janice e Sara Ferreira colocaram o Benfica a vencer por 7-0.

O avolumar do resultado aconteceu com naturalidade. Sara Ferreira destacou-se com um hat-trick, e Maria Pereira voltou a marcar (30'), assim como Janice (34'). Fifó (33') e Angélica Alves (40') completaram as marcadoras do desafio, por parte das águias.

Nota para o golo de honra das visitantes, apontado na reta final, por Ana Magalhães (38').

Cumpridas oito partidas, as campeãs nacionais totalizam oito triunfos e lideram a prova.

Desta partida saiu a figura da jornada, Sara Ferreira.

A Zona Técnica esteve à conversa com número 10.

Zona Técnica Futsal (ZT) - Já com 17 golos no campeonato, qual a meta para esta temporada?

Sara Ferreira (SF) - Não existe uma meta, o objetivo passa por continuar a trabalhar para ajudar a equipa em todos os momentos. Individualmente, quero e tenho de estar sempre no meu melhor. A prioridade é o sucesso coletivo, mas se puder ir somando golos, perfeito.

ZT - Seguem na liderança até onde pode ir este Benfica?

SF - Este grupo gosta de ganhar e é isso que nos alimenta. Queremos sempre fazer mais e melhor em todos os treinos e jogos.

ZT - Um jogo onde voltas a apontar um hattrick, algo que já nos vens habituando, qual é a sensação de marcar um hattrick?

SF - Como referi, a prioridade é acabarmos os jogos vitoriosas. Se eu conseguir ajudar com golos, significa que estou a cumprir com o meu dever e o meu árduo trabalho estará a dar frutos

ZT - Na próxima jornada deslocam-se ao Arneiros, o que podemos esperar dessa partida?

SF - Jogar em casa dos Arneiros é sempre duro, mas vamos focadas em fazer aquilo que nos compete de forma a conquistarmos os 3 pontos.

Em Viana do Castelo, o Santa Luzia FC recebeu, este sábado, no Pavilhão José Natário a equipa do Arneiros, em jogo a contar para a 8ª jornada da Liga Feminina Placar de Futsal. A formação de Viana do Castelo dominou o jogo de inicio ao fim acabando por golear o seu adversário (8-0).

Os golos de Ana Azevedo (3) e Pópo (2), Maria Rodrigues (1), Dani (1) e um auto golo, fizeram com que o Santa Luiza conquistasse mais três pontos importantes na competição.

Com este resultado, a equipa vianense mantém-se no terceiro lugar da tabela classificativa com 18 pontos, num campeonato liderado pelo Benfica e pelo Nun`Alvares, ambas as formações com 24.

Povoense e Feijó empataram a 3 bolas numa partida marcada pela incerteza no marcador.

Maria Carolina Liliu e Bárbara Gama "Bá", davam vantagem às forasteiras mas ainda antes do intervalo, um auto golo de Priscilla Gomes "Pris", dava alento à equipa de Bruno Fernandes.

Ao minuto 23', Érica Ferreira empatou a partida, empate que apenas durou 6', já que Inês Padinha Silva, deu nova vantagem ao Feijó.

No último minuto, Sara Vieira deu o empate ao Povoense.

Em Coimbra, o Sporting, visitou e bateu, a A. Académica de Coimbra por 1-8 .

Ao intervalo, as Leoas já venciam por 0-2, tendo aumentado a diferença de forma considerável no segundo tempo.

Os golos Sportinguistas foram apontados por Carolina Pedreira (dois), Kika (dois), Ana Alves (dois), Débora Queiroz e Inês Lima.

Em Carcavelos, o Novasemente bateu o lanterna vermelha do campeonato por 0-5.

Numa partida onde nunca esteve em causa o vencedor, o Novasemente teve como marcadoras de serviço, Joana Moreira, Nancy Freitas, Catarina Lopes e Marta Teixeira que bisou na partida.

A jornada foi encerrada pelo Águias de Santa Marta e pelo Nun'Álvares, numa partida muito bem disputada.

O Nun’Álvares manteve o pleno de vitórias depois de vencer por 1-3.

Carla Vanessa com um bis na partida foi a grande figura da partida. Aos 2 minutos Carla Vanessa, abriu o ativo com um golo de belo efeito.

O segundo golo da equipa forasteira, apereceu por Liana Alves que ao segundo poste, só teve de colocar a bola dentro da baliza, ao minuto 15, resultado com que se chegou ao intervalo.

Já na segunda metade o Nun'Álvares chegou ao 0-3, Carla Vanessa bisou, aos 23'.

A 13 minutos do fim, a craque da equipa da casa, Andreia Gonçalves, ainda reduziu mas o resultado estava fechado.



Vídeos
Os melhores da jornada 7 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 6 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 5 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 4 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 3 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 2 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 1 da Liga Placard
Ricardinho em entrevista ao Goucha, na TVI
Pato: "Fizemos coisas boas, importantes, mas ainda temos de melhorar"
Nuno Dias: "Está tudo ainda muito precoce"
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade