Zicky e Pauleta dão três match-points ao leão



Foi, novamente, no prolongamento que a Final da Liga Placard 2021/22 se resolveu. O Sporting Clube de Portugal venceu, na Luz, o Sporting Lisboa e Benfica e está a apenas uma vitória de se sagrar Campeão Nacional.

Depois da vitória do Sporting, no João Rocha, por 5-4, após prolongamento, no passado sábado, o Jogo 2 da Final da Liga Placard 2021/22 passou pelo Pavilhão da Luz, esta noite. Para este duelo, Pulpis deixou de fora, novamente, Diego Roncaglio e o capitão Robinho, juntando-se ao expulso Jacaré. Assim, Silvestre Ferreira voltou às opções. Já do lado de Nuno Dias, ficaram de fora Bernardo Paçó, Miguel Ângelo, Caio Ruiz e Waltinho foram os jogadores preteridos pelo técnico.

Novamente com lotação esgotada, o Benfica voltou a entrar melhor na partida e, aos sete minutos, Arthur recebeu, na direita, de Afonso, enganou Pany Varela e, de meia-distância, rematou forte para o fundo da baliza de Guitta (1-0). O Sporting respondeu por intermédio de Zicky, mas o internacional português atirou ao poste. Ao minuto 14, André Sousa emergiu na baliza encarnada e, no espaço de um minuto, parou quatro ocasiões do Sporting com grandes defesas.

Na resposta, contra-ataque do Benfica, Arthur “sentou” Erick e rematou com o pé esquerdo, Guitta defendeu, com o pé, para a frente, a bola embateu em Pauleta e sobrou para Hossein Tayebi fazer o 2-0, de baliza aberta. No minuto seguinte, Chishkala isolou Afonso que, com tudo para fazer o terceiro, acertou na trave da baliza de Guitta, naquela que foi a última ocasião de perigo do primeiro tempo. Assim, o Benfica saiu para os balneários em vantagem, à semelhança do que acontecera no sábado. Apesar do resultado desnivelado, o equilíbrio imperava na partida.

No segundo tempo, os papéis inverteram-se – novamente à semelhança do que se sucede no João Rocha – e, num espaço inferior a dois minutos, o Sporting operou, de forma fantástica, a reviravolta. Primeiro, canto na esquerda cobrado por Pany Varela, Rómulo deixa-se antecipar por Tomás Paçó e o internacional português toca para o 2-1. A seguir, perda de bola infantil de Henmi em zona proibida, Pany voltou a recuperar e rematou rasteiro para o empate (2-2). Depois, trabalho de pivot de Zicky sobre Henmi, recebeu e serviu de imediato Pauleta para o 2-3.

Com a sua equipa de cabeça perdida, Pulpis solicitou de imediato a pausa técnica. Aos 37 minutos, Rocha recebeu de costas para a baliza e levou a bola para a linha, aí tentou o passe para o interior da área, com Erick, na tentativa de impedir que a bola chegasse a Rómulo, a acabar por cortar para a sua própria baliza (3-3). No último do tempo regulamentar, Tayebi ainda acertou no poste direito da baliza de Guitta, mas a partida viria mesmo a ser resolvida no prolongamento.

No prolongamento, o Benfica voltou a entrar com tudo e, logo nos primeiros segundos, Rocha acertou no poste da baliza leonina. A 40 segundos do intervalo do Prolongamento, Zicky voltou a receber de costas e serviu Pauleta, que rematou de primeira, para o 3-4. André Sousa ficou mal na fotografia, com a bola a entrar junto ao poste mais próximo. A pouco mais de três minutos do fim, Pulpis lançou Chishkala como guarda-redes avançado. Aos 49’, Bruno Cintra atirou de longe, mas Guitta negou-lhe o golo com uma grande defesa. Já no derradeiro minuto, Guitta voltou a emergir em duas ocasiões e garantiu a vitória do Sporting.

Com esta importante vitória em casa do adversário, o Sporting está a apenas uma vitória de se sagrar Campeão Nacional, numa fase em que faltam jogar três jogos. O Jogo 3 desta Final é já no próximo sábado. A partida disputa-se no Pavilhão João Rocha, a partir das 21 horas.

 

 

Fotografia: Instagram Zicky


Vídeos
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade