Carolina Pedreira "Jogar em casa pode ser um fator determinante. Com os nossos adeptos e as nossas famílias, a motivação é sempre diferente."



A Seleção Nacional A Feminina de Futsal realizou esta quarta-feira, em Oliveira de Azeméis, o terceiro treino do estágio competitivo que inclui os jogos do Europeu-2022.

Tal como já havia acontecido no treino vespertino do primeiro dia de trabalhos, Luís Conceição já pôde trabalhar com as 14 jogadoras convocadas para a fase final da mais importante prova de futsal feminino na Europa.

Antes da sessão de trabalho, Carolina Pedreira, em declarações ao site da fpf, salientou a importância do jogo de preparação com a Ucrânia, já na próxima sexta-feira: “Nunca joguei contra a Ucrânia. No entanto, tenho a certeza que será um bom jogo para prepararmos o Europeu”, explicou, tendo feito também um balanço muito positivo dos trabalhos até ao momento: “Tudo está a correr bastante bem. O grupo está muito forte, unido, e acho que temos tudo para fazer um Europeu muito positivo. Sinto-me muito feliz, é incrível estar aqui. Acho que vai ser um Campeonato da Europa bastante competitivo, as equipas estão todas muito bem preparadas e vamos à luta.”

A Hungria foi repescada para ocupar o lugar da Rússia nesta prova, mas Carolina Pedreira demonstra total respeito pelo primeiro adversário de Portugal no torneio que decorrerá em Gondomar: “São as regras. Agora vem a Hungria e é nisso que temos de pensar. É um adversário que respeitamos muito, apesar de ter sido repescado.”

Na opinião da internacional portuguesa, o fator-casa poderá ser fundamental no desfecho do Europeu: “Jogar em casa pode ser um fator determinante. Com os nossos adeptos e as nossas famílias, a motivação é sempre diferente.”

foto - instagram Carolina Pedreira

Vídeos
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade