Lombos vencem o Sporting pela primeira vez num jogo com final eletrizante.



Este jogo abriu a última jornada da época regular da Liga Placard 2021/22 e tendo ambas as equipas já garantido o seu lugar nos playoffs, era a equipa da casa que tinha algo pelo que lutar, visto que ainda lutava pelo 5º lugar da tabela. O Sporting, por outro lado, já tinha o 1º lugar garantido, mas iria querer vencer para ir com a melhor forma possível para a 1ª ronda dos playoffs.

O jogo começou com grande furor ofensivo por parte da Quinta dos Lombos, com várias oportunidades a causarem calafrios à defesa leonina. Mas foi mesmo a equipa campeã nacional que chegou à vantagem através de um remate de Pany Varela, à passagem do 3º minuto, depois de um ressalto.

Após o golo, o jogo ficou mais equilibrado, mas 3 minutos depois, mais um golo dos leões, com Cardinal a fazer o 0-2 num remate à meia volta, um movimento técnico que o 7 leonino nos tem vindo a habituar.

O domínio do jogo começou a ser evidente por parte do Sporting, que não se livrou de sofrer um susto. Ou melhor, um triplo susto, porque foram 3 defesas impossíveis por parte de Guitta, que entrou aos 13 minutos de jogo pra o lugar de Gonçalo Portugal.

Aos 16 minutos, surge o 0-3, com Cavinato a finalizar uma boa jogada de envolvimento do Sporting.

Os últimos 2 minutos antes do descanso foram frenéticos, resultando em 4 golos. O primeiro foi um autogolo de Pauleta que, na tentativa de fazer o corte, não conseguiu evitar o golo na própria baliza. De seguida, surge o 2-3, por parte de Kaká, que aproveitou um erro no guarda redes subido dos leões para rematar à baliza, colocando os da casa novamente na luta pelo resultado. O Sporting acaba por fazer o 2-4 a 50 segundos do intervalo, por intermédio de Tomás Paçó, mas 30 segundos depois, surge mais um golo dos Lombos, numa jogada de insistência de Willian Carioca, que deixou o resultado em 3-4 na ida para os balneários.

A 2ª parte começou de forma muito diferente, muito mais cautela por parte da Quinta dos Lombos, num jogo muito mais equilibrado e com muito mais posse de bola de parte a parte. A primeira grande oportunidade surgiu dos pés de Pany Varela, que puxou para dentro e disferiu uma autêntica bomba para a baliza defendida por Tiago Pinto, mas a bola embateu com um estrondo na quina da baliza.

A equipa da casa ia tentando fazer o empate no contra-ataque e em bolas paradas, mas sem grande sucesso.

Tal como na 1ª parte, o final do encontro foi o prato principal. 

Aos 36 minutos, Cardinal volta a fazer um golo à meia volta, colocando o resultado em 3-5. 

A equipa da casa apostou no 5x4 e apresentou resultados imediatos, com a primeira jogada a dar em golo, com Willian Carioca a bisar. No minuto seguinte, novamente Willian Carioca, a fazer o 3º da conta pessoal e a empatar a partida. 

O jogo estava frenético e era a equipa de Carcavelos que estava por cima, e acaba por fazer a cambalhota no marcador por Tiaguinho, que desmarcou-se bem e disferiu uma bomba pra a baliza do Sporting.

Esta é uma vitória histórica para a Quinta dos Lombos, uma vez que nunca tinha vencido o Sporting.

A equipa da linha de Cascais garante assim o 5º lugar, ficando à frente do Sporting Braga/AAUM devido à vantagem no confronto direto.

Vídeos
Os melhores golos da Jornada 21 da Liga Placard
À lei da bomba (e de Guitta)
Jorge Braz: "Um jogo onde desde o início demonstrámos uma ambição gigantesca para vencer"
Jorge Braz quer Portugal focado em si mesmo frente à Tailândia
Ricardinho: "Os favoritos são sempre os mesmos. Vamos tentar intrometer-nos nesse lote"
Jorge Braz "É muito difícil e vai ser cada vez mais mas gostamos de coisas difíceis e é para a final que apontamos"
Nuno Dias analisa Sporting CP no arranque da temporada 2021/2022
Pulpis analisa SL Benfica no arranque da temporada 2021/2022
Jorge Braz anuncia convocados para o Mundial da Lituânia
Cascavel faz 3 golos em inferioridade numérica.
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade