Luís Conceição: "O resultado peca por escassez"



Luís Conceição diz que Portugal foi superior à Espanha no jogo desta quarta-feira e avalia a cara nova que se estreou na Equipa das Quinas.

Terminou, esta quarta-feira, o primeiro estágio de preparação da Seleção Feminina A de futsal em 2020/21. No encerramento dos trabalhos, concluídos com um triunfo por 4-3 sobre a Espanha, o Selecionador Nacional de futsal feminino não escondeu a sua felicidade.

"Terminámos os trabalhos com uma vitória frente à Espanha, o que é sempre bom, e conseguimos corrigir detalhes de organização em relação ao jogo de ontem [em que Portugal empatou por 3-3]. Fomos mais eficazes, mais rigorosos e vencemos com naturalidade. Se calhar, o resultado peca por escassez, porque fomos claramente superiores neste jogo. Merecíamos ter vencido por uma diferença maior", começou por dizer Luís Conceição, numa leitura ao desfecho do segundo embate com as espanholas, referiu ao site da FPF.PT

Em jeito de balanço dos três dias de estágio, o Treinador destacou a forma em que se apresentaram as suas comandadas após sete meses sem competirem pelos respetivos clubes, à exceção de Jenny, que teve a oportunidade de jogar no verão pelo clube que representa em Espanha.  

"Começar a nova época com um empate e uma vitória frente a um conjunto poderoso como a Espanha diz muito da qualidade da nossa equipa e do estado em que chegaram as jogadoras. A forma que mostraram na quadra revela que tiveram cuidados durante a paragem. Não é fácil manterem-se a bom nível em jogos tão intensos como os que fizemos nestes dias", explicou, com a ressalva de que "houve desatenções individuais nos dois jogos que não podemos repetir".

Num estágio marcado também pela estreia de Kika, que só havia representado os escalões mais jovens da Seleção Nacional, Luís Conceição valorizou a prestação da cara nova do grupo. "A Kika esteve bem nos curtos períodos em que jogou. Se mantiver a atitude e o nível nos trabalhos que vai realizar pelo seu clube [Quinta dos Lombos], terá certamente mais oportunidades para voltar a este espaço. A Seleção Nacional está sempre aberta aos talentos que se evidenciam nos clubes", afirmou.

Luís Conceição espera que não haja mais paragens nas competições devido à pandemia, para dar sequência ao trabalho de afinação da Equipa das Quinas, que irá disputar o apuramento para o próximo Europeu em outubro de 2021. 

"Espero sinceramente que a equipa continue a trabalhar sem interrupções, porque só assim conseguirá preparar-se da melhor maneira. Existe alguma incerteza, devido ao contexto em que se vive, mas o nosso foco já está no apuramento de 2021", frisou, para acrescentar que Portugal voltará a concentrar-se já em novembro, para defrontar duas vezes a Ucrânia, em casa, e terá mais uma dupla jornada de preparação em dezembro, frente à seleção espanhola, desta feita como visitante.

"Temos o cuidado de defrontar as seleções mais fortes da Europa. Portugal foi vice-campeão da Europa e já está entre as seleções do topo da hirarquia do futsal, mas queremos chegar mais acima. É com esse pensamento que vamos trabalhar", concluiu Luís Conceição.


Vídeos
Os melhores golos da Jornada 5 da Liga Placard de Futsal
Os melhores golos da Jornada 4 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 3 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 2
Os melhores golos da Jornada 1 da Liga Placard
No sábado houve Poker de Leninha na goleada ao Feijó que ontem empatou com o Arneiros
Sporting vence primeiro Troféu Stromp de Futsal Feminino
Edu Sousa venceu o prémio de Melhor Guarda-redes da Liga Nacional de Futsal
Live | Gazprom-Yugra - Partido Comunista
Joaçaba é campeão da Recopa SC Krona
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade