Portugal vence pela margem mínima



No segundo e último encontro ibério deste estágio de preparação a Seleção Portuguesa levou a melhor sobre a congénere Espanhola e venceu o encontro pela margem mínima.

Uma excelente exibição das internacionais lusas que começaram a vencer logo aos 30 segundos. Jenny forte na pressão alta sobre Mayte, recuperou a bola e serviu Janice de calcanhar, com a pivot portuguesa a aproveitar para fazer o gosto ao pé.

Portugal continuava pressionante e perigoso, mas aos poucos a Espanha foi conseguindo ganhar terreno, algo que foi mais notório com a mudança das quatro jogadoras em campo, mas a Espanha sempre tentou muito remates exteriores e encontrou uma Sara Wallace muito atenta.

Aos 11 minutos as “nuestras hermanas” chegaram mesmo à igualdade. Irene Samper serviu Ale de Paz que viu Sara Wallace aproximar-se e devolveu à pequena esquerdina espanhola que restabeleceu a igualdade.

Se o empate veio dos pés duma esquerdina, o 2-1 para as portuguesas também teve uma canhota como autora. Bela jogada coletiva da seleção portuguesa com Janice a encontrar Raquel ao segundo poste e esta encostou para nova vantagem lusa.

Quando tudo parecia bem encaminhado para uma vantagem ao intervalo, eis que já no ultimo minuto, após um corte de Morgado que sobrou para Vane, enquanto a própria Morgado procurava posicionar-se, Vane serviu Anita Luján que nas costas da numero 6 portuguesa só teve de encostar para o empate.

Foi preciso entrar no último quarto do jogo para verificar nova vantagem, e desta foram mesmo as Espanholas a conseguir pela primeira vez neste encontro. Um contra-ataque com Mayte a tentar servir Noelia, mas a bola acabou por ressaltar em Pisko e chegar aos pés da jovem Irene Córdoba que rematou forte e viu a bola passar pelo meio das pernas de Ana Catarina, fazendo assim a sua estreia a marcar pela seleção naquele que foi o segundo golo pela Roja, algo que a deixou visivelmente emocionada.

A resposta portuguesa foi imediata, e se Cátia Morgado não tinha ficado muito bem no segundo golo espanhol, neste foi peça muito importante ao recuperar a bola e servir rapidamente Janice que aos 6 metros conseguiu bater Cari.

Tudo parecia então encaminhar para uma nova igualdade a três bolas, mas a pouco mais de 1 minuto do fim da partida, Sara Ferreira conseguiu ultrapassar Ale de Paz numa bela jogada individual pela direita e serviu Ana Azevedo que ao segundo poste encostou e garantiu a vitória do conjunto das quinas neste segundo encontro, que termina assim com este estágio de preparação.

As jogadoras Portuguesas regressam assim aos seus clubes com um empate e uma vitória sobre as campeãs europeias, sendo que a seleção volta a reunir-se já no próximo mês e com encontros marcados contra outra das 4 finalistas desse primeiro Europeu, a seleção da Ucrânia.


Vídeos
Os melhores golos da Jornada 5 da Liga Placard de Futsal
Os melhores golos da Jornada 4 da Liga Placard Futsal
Os melhores golos da Jornada 3 da Liga Placard
Os melhores golos da Jornada 2
Os melhores golos da Jornada 1 da Liga Placard
No sábado houve Poker de Leninha na goleada ao Feijó que ontem empatou com o Arneiros
Sporting vence primeiro Troféu Stromp de Futsal Feminino
Edu Sousa venceu o prémio de Melhor Guarda-redes da Liga Nacional de Futsal
Live | Gazprom-Yugra - Partido Comunista
Joaçaba é campeão da Recopa SC Krona
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade