Novas regras. Basta um sintoma para ser suspeito e hospitais privados a trabalhar para o Estado



As novas regras de combate à Covid-19 mudam a avaliação dos casos suspeitos e a forma como se decide sobre quem é testado. As mudanças ocorrem já esta quinta-feira. Basta um sintoma para ser suspeito e hospitais privados a trabalhar para o Estado

Todos os serviços privados e do setor social da saúde passam a receber e a tratar doentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS), a preços do Estado, ainda esta semana.

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu ir até à requisição dos serviços privados de saúde, mas, por agora, avança um acordo: hospitais e clínicas do setor privado e social passam a tratar doentes do SNS, com Covid-19 e não só, e a ser pagos como se fossem públicos.

Vai ser literalmente de um dia para o outro, mais concretamente de dia 25 para dia 26 de março. Nasce uma espécie de Parceria Pùblico-Privada informal, fruto das circunstâncias, o que seria completamente impensável recentemente.

O presidente da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP), Óscar Gaspar, fala num acordo com a Direção-Geral da Saúde e com a Administração Central do Sistema de Saúde, "cujos termos exatos hão de ser conhecidos nos próximos dias".

Em declarações à TSF, Óscar Gaspar avança que "os serviços de saúde do setor privado e social passam a receber doentes encaminhados pela linha SNS24 ou pelos centros de saúde, casos suspeitos ou confirmados de infeção pelo novo coronavírus". Por outro lado, estão também disponíveis para aliviar o SNS e, para isso, abrir portas a pessoas com outras patologias.

Não se trata de uma requisição, garante Óscar Gaspar, "é antes uma colaboração, para efeitos práticos hospitais públicos e privados passam a ser tratados da mesma maneira".

Também o Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa entra nesta 'troika' (público, privado e social) de combate ao novo coronavírus. No caso, trata-se de um hospital de modelo misto, com gestão público-privada.

Basta um sintoma

A partir das 00h00 desta quinta-feira há mais novas regras no combate à Covid-19: basta ter um dos sintomas da doença - por exemplo, tosse persistente - e é automaticamente um caso suspeito de infeção. O que não muda é que, antes de qualquer outra coisa, deve telefonar para o SNS24.

Espera-se que a maioria das pessoas seja enviada para casa, aí testada e acompanhada, por telefone, pelo centro de saúde local.

Vídeos
No sábado houve Poker de Leninha na goleada ao Feijó que ontem empatou com o Arneiros
Sporting vence primeiro Troféu Stromp de Futsal Feminino
Edu Sousa venceu o prémio de Melhor Guarda-redes da Liga Nacional de Futsal
Live | Gazprom-Yugra - Partido Comunista
Joaçaba é campeão da Recopa SC Krona
Resumo da Final entre o Movistar Inter e o Valdepeñas
Dividir Para Evoluir | Irene Samper, AD Alcorcon e Seleção Espanhola
#FicaEmCasaComFutsal - Jorge Braz - 01/05/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Marcos Antunes - 30/04/2020
#FicaEmCasaComFutsal - Carlos M Silva - 29/04/2020
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial Politica Privacidade