9 renovações e 1 subida no FC Vermoim



O Vermoim tem apresentado nos últimos dias o seu plantel para 2019/20 e na passada sexta-feira anunciou a renovação de 9 jogadoras bem como a subida de uma jogadora com idade de juvenil ao plantel sénior.

Continuam assim no clube as guarda-redes Inês Mota e Ana Silva, bem como as jogadoras Ana Azevedo, Patrícia Magalhães, Elsa Ferreira, Márcia Ferreira, Cláudia Lobo, Ophélie Wasner e Ana Costa, enquanto a jovem Sofia Castro vai então fazer parte deorste plantel principal na próxima temporada.

Entre as renovações há claramente um destaque para Ana Azevedo. A capitã tanto do Vermoim como da seleção nacional é aos 32 anos a jogadora com mais anos de casa. A mais reputada jogadora deste conjunto, internacional em 72 ocasiões, segue para a 14ª temporada consecutiva no clube, isto depois de ter passado por ADR Mogege e ARC Várzea.

Outro dos grandes destaques é Patrícia Magalhães. Também ela internacional portuguesa, em 9 ocasiões, Patrícia caminha para a 13ª temporada no clube. A experiente e possante jogadora de 34 anos passou primeiro por dois clubes na Trofa antes de reforçar em 2007 o Vermoim, clube que representa até então.

Para melhor se perceber o destaque dado a estas duas jogadoras, falamos então da 3ª com mais anos de Vermoim. A jovem Ana Costa, ainda junior e que esta temporada representou a equipa sénior, conta com uma carreira de 5 temporadas, todas elas no Vermoim, caminhando assim agora para a 6ª temporada no clube (menos de metade das de Patricia), apesar do seu ingresso na equipa senior ser bem mais recente.

Continuando esta hierarquia segue então Inês Mota. A jovem guarda-redes de 20 anos conta com 3 temporadas como federada, todas elas no FC Vermoim, caminhando assim para a 4ª temporada no clube, mais uma que as gémeas Elsa e Márcia. A jovens de 19 anos, internacionais jovens por Portugal, campeãs nacionais universitárias pela AAUM, seguem para a 3ª temporada no clube, depois de terem passado ambas pelo futebol do GD Creixomil e pelo futsal do Juventude S. Pedro.

Entre as mais recentes no clube estão então Ana Silva, a guarda-redes de 26 anos que depois de vários anos em campeonatos amadores se estreou esta temporada em competições federadas pelo Vermoim, bem como a pivot Cláudia Lobo e a francesa Ophélie Wasner.

Lobo e Ophélie, chegaram só em janeiro ao clube, a primeira proveniente do Ourentã e depois de passar por clubes como Luso Venezolano, Novasemente, Restauradores Avintenses, Louriçal e Benfica, sendo de resto a única jogadora que já conquistou o Campeonato Nacional por duas equipas diferentes, enquanto a francesa conta com uma vasta experiencia no futebol onde foi até internacional jovem pelo seu país, tendo chegado a Portugal para reforçar o Braga, clube que após temporada e meia abandonou para se dedicar então ao futsal.

Falta então falar da jovem Sofia Castro. Depois e dar na época 2017/18 as primeiras passadas como futsalista federada ao serviço do Vermoim, Sofia mostrou toda a sua qualidade e deu inclusive nas vistas a Ricardo Azevedo que a convocou assim para o estágio de observação da seleção nacional de sub-17. Este ano recebe assim também o seu voto de confiança do conjunto de Famalicão que vai assim contar com a jovem promessa no seu plantel principal.

Com estas renovações e subidas o FC Vermoim conta assim já com um plantel de 14 jogadoras, uma vez que a estas 10 jogadoras se juntam Paula Gomes, Gabi Almeida, Vânia Rego e Cata, 4 jogadoras que chegaram ao clube esta temporada provenientes do Tebosa.


Vídeos
VIDEO | Fer Drasler confirmado como reforço do SL Benfica
Resumo | Portugal 4-0 Noruega
Reações de José Luís Mendes ao empate com a República Checa - Sub-21
Reação de Jorge Braz ao triunfo (4-1) diante da Noruega
José Luís Mendes antevê partidas dos Sub21
Bruno Coelho: "a seleção é um espaço diferente"
Treino conjunto antes de jogos de preparação
Deo pede desculpa pela atitude no jogo 4
André Crud é o novo treinador do Rio Ave
Resumo | Final - Jogo 1 | Sporting CP 6-1 SL Benfica
Ficha técnica | Lei da transparência | Estatuto Editorial