Portugal vence Hungria por 8-3



A formação lusa venceu de forma categórica a congénere húngara, por 8-3, em Vrnjacba Banja, na Sérvia, no arranque da qualificação para os Jogos Olímpicos da Juventude.

A Seleção Nacional de futsal sub-18 iniciou, esta quarta-feira, a fase de apuramento para os Jogos Olímpicos da Juventude da melhor forma, com uma goleada frente à Hungria, por 8-3, em partida disputada em Vrnjacba Banja, na Sérvia.

Portugal chegou ao intervalo a vencer por 3-2, com golos de Hugo Silva, em duas ocasiões e um auto-golo de Tibor Szabo (Adam Tana e Keviu Milavecz faturaram para a equipa magiar). Na segunda metade do encontro, a Equipa das Quinas aumentou a intensidade e garantiu a vitória com um marcador mais dilatado. Daniel Costa, Milton Dias, Chuva, Izaquel Tê e Gustavo Rodrigues, com Adam Tana a marcar para os húngaros, fecharam o placard em 8-3

Nesta etapa, a Equipa das Quinas irá jogar ainda frente à Ucrânia (quinta-feira, 16h00) e Sérvia (sexta-feira, 13h00).

Os dois melhores primeiros classificados dos quatro grupos masculinos da zona europeia terão a possibilidade de vir a ser escolhidos pelo Comité Olímpico para representar o país nos Jogos Olímpicos da Juventude. A competição está marcada para a cidade de Buenos Aires, na Argentina, com início em outubro de 2018.

José Luís Mendes, Treinador Nacional, em discurso direto:
- "Somos melhores e o resultado comprova isso mesmo. Foi um resultado dilatado e poderíamos ter marcado muitos mais golos e não ter sofrido estes três. Foi uma vitória justa. Na primeira parte houve alguma inconstância e o golo da Hungria perturbou um pouco a nossa equipa. Na segunda parte fizemos dois golos seguidos e acabámos por acalmar, construindo muito melhor e com mais qualidade do que tínhamos feito até então"

- "Frente à Ucrânia temos todas as condições para vencer novamente. Qualquer jogo tem de ser para ganhar e é com este carisma que temos de entrar em campo"

Ficha de jogo
Qualificação para os Jogos Olímpicos da Juventude
Hall "Vlade Divac" - Vrnjacba Banja

1.º árbitro: Qafarli Hikmat (Azerbaijão)
2.º árbitro: Purins Ingus (Letónia)
3.º árbitro: Jaruchiewicz Damian (Polónia)

Portugal - Hungria (3-2 ao intervalo)

Portugal: Pedro Mónica, Milton Dias, Célio Coque (cap.), Tomás Reis e Izaquel Tê
Suplentes: Bernardo Paçó, Nuno Chuva, Daniel Costa, Gustavo Rodrigues, Hugo Silva 
Treinador: José Luís Mendes
Golos: Hugo Silva (1'58 e 18'30), auto-golo de Szabo, Daniel Costa (28'72), Milton Dias (30'85), Chuva (34'79), Izaquel Tê (35'97) e Gustavo Rodrigues (37'50)
Disciplina: -.

Hungria: Gyorfi, Milan Nemeth, Adam Tama (cap), David Darouzi e Adam Szucs
Suplentes: Dominik Dohany, Szabo, Toth, Milavecz e Papp.
Treinador: Zsolt Feher
Golos: Keviu Milavecz (10') e Adam Tama (19' e 39'40)
Disciplina: -.

Vídeos
Antevisão de Rúben Freire ao encontro entre o Futsal Azeméis By Noxae e a Quinta dos Lombos
Taça do Rei | Movistar Inter - CA Osasuna Magna | Livestream
Taça do Rei | Rivas Futsal - FC Barcelona Lassa | Livestream
Aos 17 anos Bernardo Paçó estreia-se na baliza do campeão nacional Sporting CP
Os melhores golos da Liga SportZone | Jornada 10 por Zona Técnica Futsal Portugal
Simas antevê jogo com o Benfica
Sibiryak perdeu a sua primeira partida da temporada
Ricardo Semblano antevê partida com o Aves
Os melhores golos da Jornada 9 por Zona Técnica Futsal Portugal
Paulo Tavares: “Queremos vencer o SL Benfica”