Manuela Eugénio e Beatriz Roxo reforçam o ARCD Venda da Luísa



Manuela Eugénio e Beatriz Roxo são reforços do ARCD Venda da Luísa para a temporada 2017/18.

Nestes dois reforços encontramos os 2 extremos, uma atleta bastante jovem, Beatriz Roxo, e outra com alguma experiencia nesta área, Manuela Eugénio.

Manuela Eugénio chega ao Venda da Luísa após um grande período de paragem, tem 30 anos, mas tinha apenas 12 quando deu os primeiros passos como Federada na A. Académica de Coimbra. Seguiu-se passagem por CZH Soure, um regresso à Académica, uma época no CF União Coimbra e o GR Vilaverdense. Saiu do Vilaverdense dando aí tempo à sua primeira paragem, esta de 4 temporadas devido a recuperação de uma lesão, até chegar ao SC Conimbricense em 2012/13, clube onde esteve por uma temporada até que por motivos profissionais e pessoais acabou por se afastar do futsal até agora, regressando assim para reforçar o primodivisionário do Venda da Luísa.

Por outro lado temos Beatriz Roxo, uma jovem de apenas 15 anos que não é em si um “reforço”, tendo em conta que já trabalhava com a equipa na temporada passada. É, segundo o clube, uma “jovem com paixão pelo desporto e pelo futebol desde sempre”, e que nunca tinha sido inscrita a nível federado, estando assim preparada para a sua estreia a nível federado e logo no Campeonato Nacional.

 

Apesar de mais estas duas jogadoras se juntarem ao clube, contabilizando um total de 6 contratações, que juntando às renovações são já 16 jogadoras, o plantel não se encontra ainda fechado. O que acha destas contratações do Venda da Luísa?


Vídeos
Nikars vence Supertaça da Letónia
Pedro Cary perspetiva “duelos muito interessantes”
Paulo Luís e Pedro Cary fizeram a antevisão da partida do Sporting CP frente ao Futsal Azeméis By Noxae para a Sporting TV
Joel Rocha " ser fiéis àquilo que temos treinado, trabalhado e melhorar ainda dentro da nossa identidade"
Série A Futsal inicia hoje
Robinho
Taça Honra AF Lisboa | Meia Final | Leões de Porto Salvo 2-7 Sporting CP | vídeo
Sibiryak líder invicto na Rússia
Ricardinho: "Si quería ser el mejor, tenía que estar en Movistar Inter".
Antevisão da meia-final da Taça de Honra da AF Lisboa por Raúl Oliveira e Varela